CUT prepara greve geral dias antes de depoimento de Lula em Curitiba

A greve geral será um passo decisivo na luta que continuaremos a travar, sem trégua, para derrotar o governo golpista, diz a CUT, em nota de sua direção nacional, publicada hoje (4).

“Vamos parar o País no dia 28 de abril, mandando mais uma vez nosso recado para a quadrilha que tomou o poder através do golpe e para sua base de parlamentares corruptos no Congresso: NENHUM DIREITO A MENOS!”, afirma a central, informando que a paralisação do dia 28 faz parte de uma ação estratégica “para derrotar a reforma da Previdência, a reforma trabalhista e a terceirização propostas pelo governo ilegítimo de Michel Temer”, em iniciativa discutida com as demais centrais.

Na verdade, o objetivo é dar folga para os pelegos marcarem presença no ato pró-corrupto em Curitiba.

Créditos papotv.com.br