A BATATA DE GLEISI HOFFMANN ESTÁ ASSANDO

Gleisi Hoffmann (PT-PR), é acusada de receber R$ 1 milhão do esquema de propinas da Petrobrás para sua campanha em 2010.

O ex-ministro Paulo Bernardo (Planejamento/Governo Lula), marido de Gleisi, e o empresário Ernesto Kugler, também viraram réus. Todos são acusados de corrupção e lavagem de dinheiro.

 

Diante das provas juntadas, a condenação é certa.

O discurso em defesa da Constituição é mais um engodo.
Para salvar a própria pele e sair impune de seus crimes, Gleisi é capaz de tudo.