Acredite se quiser: Delatora disse que Dilma “achava todo mundo burro”

Durante sua delação, a Marketeira Mônica Moura falou sobre a convivência da petista com a empresária e seu marido, o marqueteiro João Santana.

A certo momento, Mônica disse: “A Dilma não confia em ninguém e tem um problema grave: ela não confia na capacidade de ninguém. Ela acha que todo mundo é burro, é incapaz”, disse Mônica aos procuradores.

“Ela se cercava de um monte de gente – não quero ser grosseira – , mas de gente sem capacidade, porque é aquele tipo de pessoa que não confia nas pessoas: não se cerca de gente brilhante, porque tem medo de ser ofuscada, entendeu?”, completou.

Mônica também contou que Dilma confiava no casal.

Detalhe: Dilma pode até “achar todo mundo burro”, mas ela é que foi pega nas delações, e não “todo mundo”. Aqueles metidos a espertões às vezes se dão mal.

As informações são do Estadão.