Adelio tinha cartão de crédito internacional e extratos bancários de dois bancos

Já está em poder da Polícia Federal um cartão de crédito internacional do banco Itaú, apreendido com o homem que tentou matar o deputado Jair Bolsonaro.

Adelio Bispo de Oliveira também tinha inúmeros extratos de contas bancárias de dois bancos. O próprio Itaú e a Caixa Econômica Federal.

Nada mal para quem estava desempregado e diz que o seu último emprego foi como garçom em Florianópolis.

Urge a imediata quebra do sigilo bancário do meliante.

É provável que a pessoa que o sustentava, tenha envolvimento como o crime.

Fonte: Revista Crusoé

   

Gostou? Compartilhe!