Adriana, chegou a conta, sem moral, condenada e expulsa da OAB

Adriana Ancelmo está na iminência de perder o direito de advogar e, consequentemente ficar sem profissão.

No conselho da entidade, órgão que decidirá sobre o pedido de cassação de seu registro, é visível o desejo entre a maioria devastadora de seus membros no encaminhamento da medida punitiva.

Adriana responde a inúmeros processos por lavagem de dinheiro, além de crime de formação de quadrilha e organização criminosa.

Já tem no seu maldito curriculum criminal uma condenação há 18 anos de prisão.

Na viabilização da prática criminosa, a ex-primeira dama utilizava o seu escritório de advocacia para lavagem de dinheiro.
Nos bastidores da entidade, é certo que entre os 80 conselheiros, há maioria consolidada para a cassação do registro de Adriana.

Estima-se que a expulsão seja definida até o final deste ano.

Via: jornaldacidadeonline.com.br