Advogado limpa o fundo de previdência dos deputados e foge

A Câmara dos Deputados está investigando o sumiço de dinheiro pertencente ao fundo de previdência dos deputados federais.

O suspeito é o advogado Leandro Cezar Vincentin, que segundo informações teria deixado o país com cerca de R$ 5 milhões desviados.

O advogado era funcionário da casa e paralelamente abriu uma empresa com o mesmo nome do Plano de Seguridade Social dos Congressistas (PSSC).

A contribuição dos parlamentares, paga através de boleto, ao invés de ir para o PSSC, o plano de previdência, ia para a PSSC, a empresa do servidor.

O ‘golpe’ só foi descoberto quando Vincentin saiu de férias.

No início do mês de fevereiro um processo administrativo disciplinar foi aberto e o funcionário afastado.

Via: JORNAL DA CIDADE ONLINE