Ao recusar HC, Fachin deu um grande passo para salvar Lula da prisão

O ministro Edson Fachin negou a liminar do habeas corpus de Lula, alegando supressão de instância. No entanto, ele acabou dando um grande passo para salvar Lula da prisão.

Isso porque ele jogou o mérito para o plenário do STF, drilbando Félix Fischer, relator da Lava Jato no STJ.
Explica O Antagonista que na prática, “Fachin suprimiu a instância do STJ e evitou, assim, que Félix Fischer não só rejeitasse a discussão em torno da execução de pena de condenados em segunda instância (por ser uma decisão do STF), como entrasse na discussão sobre a validade das provas, confirmando a decisão do TRF-4 — provas contra as quais a defesa de Lula não tem argumentos.”

“Fachin deu ouvidos aos embargos auriculares de Sepúlveda Pertence, para salvar Lula.”

Via: PAPOTV