Após votação surpresa que deu aumento salarial ao STF, Bolsonaro cancela reuniões com Maia e Eunício

Após atritos com a Câmara e o Senado, Jair Bolsonaro decidiu cancelar reuniões com os presidentes das casas.

A reunião marcada com Rodrigo Maia foi desmarcada provavelmente após a declaração de Paulo Guedes sobre dar uma ‘prensa’ no Congresso. Já o cancelamento da reunião com Eunício Oliveira, do Senado, se deu pelo movimento traiçoeiro executado pela casa durante a votação surpresa que concedeu aumento salarial ao STF. 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Bolsonaro reformulou a agenda e seguirá na terça feira direto para o gabinete da transição, no Centro Cultural Banco do Brasil.

Informação da Folha de São Paulo. e Republica de Curitiba 

Compartilhe em Suas Redes Sociais

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.