Arrogância sem limites. Lula comemora pesquisa do Datafolha. “Já sou o novo presidente. Os coxinhas vão ter que me engolir”

Pesquisa Datafolha, divulgada hoje pela Folha de S. Paulo, que coloca Lula na frente na disputa que vai se travar em 2018 pela Presidência da República, provocou novo surto de arrogância sem limites no ex-presidente. Apesar de ser réu em 5 ações de corrupção, por recebimento de propina, lavagem de dinheiro, corrupção passiva, ocultação de patrimônio, Lula, que não sabe se estará solto em 2018, já se considera o novo presidente do Brasil. Apoiado em eleitores que se situam nos lugares mais atrasados do país e no fanatismo ideológico de setores da população.

A nova pesquisa mostra Lula na liderança, mas registra uma novidade. O deputado Jair Bolsonaro cresceu e ocupa o segundo lugar, empatado com Marina Silva. Lula é o candidato mais rejeitado. Lula perderia a eleição no segundo turno para Marina, que é considerada uma versão 2.0 do PT.

 

A pretensão de Lula de já se considerar o futuro presidente do Brasil esbarra em obstáculos práticos. O primeiro, e mais óbvio, é não saber se estará solto para disputar a eleição. Depoimentos devastadores, como os de Renato Duque e Antônio Palocci, que negociam delações premiadas estão sendo esperados e podem virar o jogo.
Via cesarweis.com