Atriz e diretora Ticiana Studart ataca Vereza e leva contragolpe fulminante

Ticiana Studart é atriz de atuação discreta em algumas novelas globais. Mais tarde virou diretora, até ser nocauteada pelas drogas, o álcool e a ‘bipolaridade’.

Submetida a um rigoroso tratamento, virou militante petista e contumaz beneficiária da Lei Rouanet.

E nessa condição de militante e integrante da coordenação nacional da malfadada ‘Frente Brasil Popular’, resolveu atacar o respeitado e independente Carlos Vereza.

A resposta foi estonteante. Veja abaixo:

Soube, há pouco, em comentário da atriz Ticiana Studart, que “todos os artistas não concordam com as minhas (sic) posições”.
Bem, nada de novo no front: sou esquisito mesmo.
Nunca apelei para, por exemplo, a Lei Rouanet, todos os meus trabalhos foram produzidos com as minhas ex-poupanças, nunca participei de lobbys esquerdistas, não fico em cima de confortáveis muros com medo e covardia de externar minhas despretensiosas opiniões.
Sei que tem um lado chato para esses “colegas”.
Fui premiado com dois Moliéres, prêmio da Crítica independente no Festival de Cannes, por minha interpretação como Graciliano Ramos, no filme Memórias do Cárcere, único ator do chamado Terceiro Mundo a receber o Pavão de Prata, no Festival de Nova Delli, como melhor ator, concorrendo com atores do mundo todo. Revelação de autor pela APCA, vencedor do antigo Concurso Nacional de Dramaturgia, com o texto Transaminases.
Vou parar por aqui, caso contrário, aumentará o número de ” colegas” que não concordam com minhas etc..etc…etc…
Carlos Vereza

Informações do site Jornal da Cidade Online

     

Gostou? Compartilhe!

  • 5.1K
    Shares