Boicotado por Eleitores de Bolsonaro, Amor & Sexo perde até para a Band no Ibope

Desgastado e boicotado por eleitores de Jair Bolsonaro, o programa Amor & Sexo passa pelo seu pior momento. Na 11ª temporada, a atração comandada por Fernanda Lima acumula desempenhos vexatórios em várias metrópoles brasileiras. A audiência caiu quase 70% em dois anos na média nacional. Em duas capitais, perdeu a vice-liderança no Ibope. Em algumas cidades, é ameaçada até pela Band, quarta colocada no ranking das emissoras.

A situação é mais alarmante em Goiânia. Lá, o game show tem apenas 4,2 pontos de média e está em terceiro lugar. Em Vitória, viu fugir seis de cada dez telespectadores que tinha em 2017.

O programa não tem boa performance nem em cidades onde a Globo costuma ter a liderança isolada durante todo o dia. Em Campinas, ficou atrás da Record e está com o SBT na sua cola. Com média de 6,6 pontos, chega a ser ultrapassado por MasterChef, da Band, em vários momentos.

Mesmo com os resultados ruins em diversas cidades, o Amor & Sexo ainda é líder no PNT (Painel Nacional de Televisão). Tem média de 9,9 pontos, contra 8,3 da Record, vice-líder no horário. A somatória das 14 cidades é turbinada por Porto Alegre (12,7) e Rio de Janeiro (12,5), locais em que a atração tem seus melhores índices.

Apesar disso, o número ainda representa uma queda preocupante em relação aos últimos anos. Em 2016, teve 16,5 pontos. Perdeu 67% do público.

A queda generalizada do programa pelo país pode ser atribuída a uma série de fatores. Em suas 11 temporadas, o Amor & Sexo mudou de dia oito vezes. Manteve seu horário apenas nas duas temporadas exibidas em 2011, veiculadas às quintas, e nas três apresentadas entre setembro e dezembro de 2012, 2013 e 2014, também às quintas.

Levantamento obtido com exclusividade pelo Notícias da TV aponta que o Amor & Sexo, com três edições exibidas até agora, perdeu público em todas as regiões que possuem relatórios diários de audiência do Ibope.

Além de Vitória, onde perdeu seis de cada dez telespectadores em relação a 2017, as maiores quedas registradas pelo programa em seus três primeiros episódios da temporada de 2018 foram em Campinas (53%), Florianópolis (52%) e Curitiba (52%).

As principais praças para o mercado publicitário, Grande São Paulo e Rio de Janeiro, foram aquelas em que o público menos abandonou o programa. Nelas, Fernanda Lima perdeu apenas três de cada dez telespectadores na comparação com 2017.

Os dados mostram que o Amor & Sexo é um ponto fora da curva de liderança praticamente incontestável da Globo pelo Brasil.

De 14 praças que integram o PNT, o programa aparece na vice-liderança em três, inclusive na Grande São Paulo. Em Goiânia e Manaus, ostenta um indigesto terceiro lugar. Já em Belo Horizonte, está empatado com a Record, que veicula no horário o reality A Fazenda e o Programa do Porchat.

Fernanda Lima chegou a chorar no ar ao falar sobre os problemas de sua família. Nem assim a atração reagiu: teve seu pior desempenho da história na Grande São Paulo e por pouco não perdeu o segundo lugar para o SBT.

Fonte: Uol

Compartilhe em Suas Redes Sociais