Bolsonaro dispara “Nós somos ameaça aos privilégios, aos desmandos, à corrupção”