Bolsonaro: ‘Seguirei na defesa de penas severas a assassinos’

Candidato do PSL também disse que pretende extraditar o italiano Cesare Battisti
O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, afirmou, nesta terça-feira (16), que pretende continuar defendendo penas mais duras para assassinos. A afirmação feita por meio de uma publicação em suas redes sociais.

– Como parlamentar, propus penas mais severas para crimes passionais independente de sexualidade. Mulheres são as maiores vítimas destes crimes que também atingem homossexuais. Seguirei defendendo que todos somos iguais perante a lei, e que assassinos sejam punidos duramente – escreveu.
Em outra publicação, o presidenciável também prometeu extraditar Cesare Battisti, italiano que recebeu permissão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para ficar no Brasil em seu último dia de gestão. O governo da Itália chegou a solicitar, ao presidente Michel Temer, que revisse a decisão.

– Como já foi falado, reafirmo aqui meu compromisso de extraditar o terrorista Cesare Battisti, amado pela esquerda brasileira, imediatamente em caso de vitória nas eleições. Mostraremos ao mundo nosso total repúdio e empenho no combate ao terrorismo. O Brasil merece respeito – ressaltou.

Via: pleno.news

Compartilhe em Suas Redes Sociais