Bolsonaro sobre reajuste do STF: “Pergunta para o Temer”

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, acaba de anunciar mais um general para compôr o Questionado sobre a sanção do reajuste salarial a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e membros do Ministério Público, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse que quem deve comentar o caso é o seu antecessor, Michel Temer.

Em coletiva de imprensa nesta terça-feira (27/11), Bolsonaro afirmou que quem pagará a conta será “toda a população brasileira”.

Pergunta para o Temer. Quem vai pagar é toda a população brasileira. A minha responsabilidade nessa área começa em 1º de janeiro do ano que vem”
Jair Bolsonaro, presidente da República eleito
Na segunda (26), Temer sancionou o reajuste de 16,38% na remuneração dos ministros do STF, o teto do funcionalismo público. Os salários desses magistrados passarão de R$ 33,8 mil para mais de R$ 39 mil.
O governo avalia que os reajustes terão um impacto de ao menos R$ 1,4 bilhão, podendo chegar a R$ 1,6 bi.

Fonte: Metrópoles

Compartilhe em Suas Redes Sociais