Bretas: “as pessoas perderam a vergonha de praticar crimes”