Cabral é acusado pela 25ª vez, agora por propina de R$ 78,9 milhões