Cai a máscara; PT é acusado de esquema de propaganda irregular no twitter

Influenciadores digitais foram, supostamente, convidados a participar de tópicos que envolviam apenas elogiar candidatos petistas em troca de dinheiro. A contratante foi a agência de publicidade Lajoy.

Os primeiros elogios consistiam em elogiar Gleisi Hoffmann, candidata a deputada federal no Paraná, e Luiz Marinho, candidato a governador de São Paulo. Numa terceira demanda, eles foram convidados a elogiar e avaliar positivamente Wellington Dias, candidato à reeleição no Piauí.

A prática é proibida, pois todas as propagandas eleitorais realizadas na internet de maneira paga devem ser explicitadas informações como partido, candidato, coligação e CNPJ.

O influenciadores afirmaram que perceberam que havia algo de errado, mas muitas denúncias foram feitas por outros usuários não envolvidos no esquema, muito antes de qualquer atitude dos contratados.

As empresas envolvidas Lajoy e Be Connected (ambas envolvidas com a militancia de esquerda) afirmaram que sempre se comprometeram a “apontar e combater fake, robôs” e que repudiam a “compra de apoio e fake news”. Não é o que parece.

Via: republicadecuritiba.net

     

Gostou? Compartilhe!

  • 4.2K
    Shares