Com Bolsonaro, Força Aérea pode ter primeiro comandante negro