Complica situação de Gleisi e Lindbergh no Senado após declaração de apologia ao crime

Partidos governistas já avaliam representar contra os senadores Lindbergh Farias (RJ) e Gleisi Hoffmann (PR) junto ao conselho de Ética no Senado por apologia ao crime. Eles pregam “desobediência civil” e até “luta armada”, para impedir o cumprimento da sentença do ex-presidente Lula, condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

 

A dupla ainda insultou o Judiciário, uma instituição do Estado. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Além disso, Ambos os senadores são investigados na Operação Lava Jato, porém têm Foro Privilegiado e só podem ser julgados pelo Supremo Tribunal Federal.

Via: https://republicadecuritiba.net/2018/01/29/complica-situacao-de-gleisi-e-lindbergh-no-senado-apos-declaracao-de-apologia-ao-crime/