Corregedor do CNJ não encontra desvio de conduta e arquiva processo contra Moro

Na noite de segunda-feira o Brasil que ainda acredita na mudança recebeu uma excelente notícia.

O processo contra Sergio Moro, por supostos desvios de conduta no episódio em que Lula quase foi solto pelas mãos do desembargador Rogério Favreto, foi arquivado pelo corregedor nacional de Justiça Humberto Martins.

“Não há indícios de que a atuação do investigado Sergio Moro tenha sido motivada por má-fé e ou vontade de afrontar a decisão proferida pelo desembargador federal Rogério Favreto” afirmou o corregedor.

Seja sempre o primeiro a saber, Baixe o nosso aplicativo gratuito, informações diárias do Presidente Jair Bolsonaro e Notícias da Operação Lava Jato!

No epísódio, o desembargador aproveitou a ausência de Sergio Moro para tentar ordenar que a Polícia Federal soltasse Lula da sala onde segue preso desde abril. No mesmo dia, o então juiz, Sergio Moro, questionou Gebran Neto, relator da Lava Jato no TRF-$, sobre a legalidade do ato.

Informação do Antagonista.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA COM OS SEUS AMIGOS