Delegado da PF alerta para ‘atentado macabro’ que busca vitimizar Lula

O plano seria orquestrado pelo Movimento Sem Terra e está sendo monitorado pelo serviço de inteligência.
O delegado da Polícia Federal e deputado federal Fernando Francischini (SD/PR) comentou que existe por trás dos panos um plano muito bem elaborado e considerado “macabro” que visa vitimizar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) próximo à data do seu julgamento, no próximo dia 24. Conforme dizeres do delegado, seria uma forma de enganar as pessoas e convencê-las de que o petista está sendo julgado politicamente.

Esse falso atentado teria envolvimento da alta cúpula do Partido dos Trabalhadores (PT) e contaria com a mão de obra dos sem-terras que estão em Quedas (Iguaçu). Eles estariam preparados a agir e teriam o papel de colocar realidade nessa grande mentira de atentado.

Francischini citou reportagem do jornal “O Paraná” publicada neste domingo (7), que divulgou tudo com exclusividade. Uma fonte que está infiltrada dentro do movimento sem-terra afirmou que esse falso atentado pode acontecer, inclusive, no mesmo dia do julgamento. O serviço de inteligência do Paraná está investigando o caso e monitorando todas as possíveis ações por trás disso.

Desistência
De acordo com informações do site “O Antagonista”, o ex-presidente Lula estava disposto e querendo muito ir até Porto Alegre (RS) acompanhar o seu julgamento. A defesa do petista exigia que Lula pudesse falar mais um pouco e se defender, o que foi negado pelas autoridades.

Surge agora a desistência do ex-presidente. Um caso estranho e que pode ter jogado um “banho de água fria” nos seus defensores.

Lula decidiu ficar em São Paulo para acompanhar o julgamento do Tribunal Regional Federal da 4° Região. Seria uma certeza de condenação? Ninguém sabe o motivo da desistência, mas já se comenta, que o líder do PT estaria decepcionado com tudo e temendo o pior.

Ele ficará em São Paulo e, após a decisão do tribunal, Lula vai até a Avenida Paulista participar de um protesto junto com seus militantes.

Ataques de Aguinaldo
O autor de novelas Aguinaldo Silva, da Rede Globo, proferiu vários ataques contra Lula, através de seu Twitter, neste domingo (7). Aguinaldo chamou o petista de analfabeto e totalmente despreparado para comando um país do tamanho do Brasil. Ele chegou a dizer que acredita que Lula nunca leu um livro.

Rebatido por um possível petista sobre qual o problema de Lula ser analfabeto, se isso não seria um ato de preconceito, Aguinaldo retrucou falando que não existe problema no caso de ser analfabeto, o que não se pode aceitar e as pessoas devem ser lúcidas é que um analfabeto não teria condições de administrar um país.

Via: blastingnews