Delegado requer quebra do sigilo telefônico do homem que tentou matar Bolsonaro

O deputado Delegado Francischini pediu a quebra do sigilo telefônico de Adélio Bispo de Oliveira, o homem preso após esfaquear o candidato Jair Bolsonaro. Francischini divulgou uma cópia do requerimento e informou: “URGENTE: Estou entrando com representação na POLÍCIA FEDERAL pedindo quebra de sigilo telefônico do quase assassino! PRECISAMOS SABER SE HÁ MENTORIA INTELECTUAL POR TRÁS DISSO TUDO!”.

Veja o requerimento:

Via: politicanarede.com

   

Gostou? Compartilhe!

  • 6.4K
    Shares