Deputado deve R$ 67 milhões de sua empresa. Temer anistiou pra ganhar o voto

Uma avalanche de descontos de até 99% do valor da dívida das empresas
Uma comissão mista do Congresso Nacional aprovou a Medida Provisória (MP) 766/17, sobre o Programa de Regularização Tributária (PRT), conhecido como Refis.

A MP aprovada concede descontos de até 99% em multas, juros e encargos da Dívida Ativa da União.

Nesta terça-feira (16) o presidente Michel Temer sancionou concedendo anistias e rolagem da dívida de diversas empresas ligadas aos parlamentares.

Relator da proposta, o deputado Newton Cardoso Júnior (PMDB-MG), tem contra si dívida com o Estado, em nome de suas empresas, de mais de R$ 67 milhões. Ao todo, são 291 deputados federais que, somados, devem à União mais de R$ 1 bilhão em impostos, segundo o Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional (Sinprofaz). Já no Senado, são 46 parlamentares que, juntos, devem cerca de R$ 2 bilhões, diz a entidade.
A MP da renegociação concede desconto em multas e nos juros das dívidas parceladas, dobra o prazo máximo de parcelamento, de 120 meses (10 anos) para 240 meses (20 anos) e permite que empresas já em recuperação judicial também participem do programa.

(fonte: ElPaís)