Desesperada, Gleisi Hoffmann ‘cai na real’ e manda recado alarmante

Gostou? Compartilhe!

A senadora do PT não se contenta com fiasco do partido e resolveu conversar com petistas.


O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva está a um passo da cadeia. O petista condenado por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro na ação penal envolvendo um tríplex no Guarujá busca todos os meios disponíveis na Justiça para evitar a detenção.

 

Nesta semana, Lula resolveu fazer uma visita na região Sul do Brasil ao lado de militantes do Partido dos Trabalhadores (PT). Diversos manifestantes contrários a Lula seguiram a caravana do PT e bloquearam o acesso para a cidade de Santa Maria. Houve confusão e confronto.

 

A senadora do partido Gleisi Hoffmann ficou inconformada com a situação e mandou um recado alarmante para os próprios militantes do PT, pedindo que todos tenham maior engajamento.

Decepcionada com o fracasso da caravana, Gleisi afirmou convicta que seu partido está ''perdendo espaço'' e ''perdendo a narrativa''.

 

A região Sul do Brasil é onde se encontra o juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato. Moro é de Curitiba, Paraná e foi quem condenou Lula em primeira instância estabelecendo 9 anos e seis meses de pena. Logo depois, os desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4° Região aumentaram a pena, em segunda instância, para 12 anos e um 1 mês de cadeia.





Lula e aliados fazem de tudo para que a presidente do Supremo Cármen Lúcia, coloque em pauta a rediscussão sobre prisões em segunda instância. A magistrada está sendo muito pressionada por diversos ministros, no entanto se mantém firme e diz que não colocará o tema que já discutido em meados de 2016.

Confusão e desordem
Ao chegar na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) ao lado da ex-presidente Dilmar Rousseff, Lula ouviu gritos de ''herói do povo brasileiro''. No entanto, uma tremenda desordem se iniciou no local quando grupos de manifestantes contrários a Lula não ''engoliram'' o ex-presidente na universidade. O Batalhão de Operações Especiais (BOE) teve que controlar a situação.





Lula aguarda resultado final
O TRF-4 dará o resultado final do julgamento de Lula, logo após o juiz Sérgio Moro poderá decretar imediatamente a prisão preventiva do político. O petista está inelegível para as eleições presidenciais de 2018 e os diversos processos na Justiça ainda entrarão em julgamento; Lula é réu em várias ações penais.

Desde que foi condenado por Moro, o petista não teve mais paz. Lula e sua defesa fazem de tudo para provar que o ex-presidente é inocente, porém a Justiça diz o contrário. 

 

Via: blastingnews


Gostou? Compartilhe!