Dias Toffoli persegue procurador da Lava Jato, Deltan Dallagnol

O procurador da Lava Jato Deltan Dallagnol, um dos responsáveis por tornar possível a prisão do Lula, será investigado pela corregedoria do MPF e pela corregedoria do CNMP.

Segundo a colunista social da Folha de S. Paulo, Monica Bergamo, “uma das investigações foi aberta a pedido de Dias Toffoli, que na quinta-feira se encontrou com o corregedor-geral do CNMP, Orlando Rochadel”.

Deltan Dallagnol, em entrevista à rádio CBN, havia comentado que a decisão da Segunda Turma do STF de tirar da Lava Jato os relatos da Odebrecht sobre a propina de Lula foi tomada “pelos três de sempre, que tiram tudo de Curitiba e que mandam tudo para a Justiça Eleitoral e sempre dão habeas corpus, estão sempre formando uma panelinha e que mandam uma mensagem muito forte de leniência a favor da corrupção”.

Ainda segundo Bergamo, o corregedor confirmou a informação e disse que recebeu uma solicitação do magistrado “para apurar” possível infração disciplinar por parte de Dallagnol.

É uma clara perseguição ao procurador chefe da Força Tarefa da Lava Jato.

Via: PAPOTV

Compartilhe em Suas Redes Sociais