“Diferença de votos será tão grande que será impossível fraude”, diz Bolsonaro