Dilma pagou, com dinheiro do Petrolão, R$ 40 mil para cabeleireiro. Mais R$ 4 mil por mês para manicure

Dilma Rousseff mandou Mônica Moura, mulher do marqueteiro João Santana, pagar o cabeleireiro Celso Kamura porque ela “não tinha rubrica” para isso.

Foram 40 mil reais em dinheiro para tratar da cabeleira da ‘presidenta inocenta’.

Dilma mandou Mônica Moura pagar também sua camareira, “Rose alguma-coisa”, que morava com ela e “fazia seu cabelo, fazia unha, fazia maquiagem”.

Foram 4 mil reais por mês, por quase um ano.


Mônica Moura fala de favores para Dilma por OrdemBrasil
Via cesarweis.com