DINHEIRO QUE CUBA EMBOLSOU COM ‘MAIS MÉDICOS’ DARIA PARA O BRASIL FORMAR 11 MIL NOVOS PROFISSIONAIS