Eleições podem ser adiadas, diz Rodrigo Maia

Na tarde desta quinta-feira, 21, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, do DEM, admitiu que o primeiro turno das eleições municipais poderá ser adiado.

As novas datas aventadas para realização são 15 de novembro e 6 de dezembro, e a proposta será analisada pelo Congresso em comissão mista, que será criada após a posse de Luís Roberto Barroso na presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Maia, apesar de admitir o adiamento das eleições, é contra a prorrogação dos mandatos. A questão será decidida pela comissão mista.