Em julgamento, Barroso declara: ‘Lula seria inelegível mesmo que estivesse solto’