Em três dias, Gilmar Mendes enfrenta o terceiro episódio de repúdio popular (veja o vídeo)

O ministro Gilmar Mendes não pode mais andar nas ruas sem correr o risco de levar ‘tomatadas’ ou ser chamado de ‘ladrão’.

De quinta-feira (26) até este sábado (28) foram três situações distintas, absolutamente desmoralizantes.

Na quinta-feira (26) após ser trucidado pelo ministro Luís Roberto Barroso, Gilmar foi vítima de um dos maiores enxovalhamentos virtuais já vistos na internet.

No sábado (28), pela manhã, quando chegava a sede de sua faculdade em São Paulo, recebeu um ‘tomataço’.

Enquanto isso, seu algoz, o ministro Barroso, era festejado e cumprimentado por inúmeras pessoas num voo para o Rio de Janeiro.

E no sábado à tarde, após o enxovalhamento virtual e o ‘tomataço’, Gilmar teve que ouvir diversos impropérios (1º vídeo) e na sequência o coro de ‘ladrão’ (2º vídeo), dentro do estádio Pacaembu.

Veja o vídeo:

Via: jornaldacidadeonline.com.br