Enquanto Brasil chora pelas vítimas em Brumadinho, Haddad passeia pela Europa

Enquanto o Brasil chora e lamenta por todas as vítimas do desastre em Brumadinho, Minas Gerais – Estado governado pelo PT até 28 dias atrás, e cujo ex-governador foi conivente com o rebaixamento do nível de risco da barragem que se rompeu na sexta-feira – o petista Fernando Haddad segue fazendo um ‘tour’ pela Europa.

Conforme noticiado por mídias alinhadas com o pensamento de esquerda, Haddad esteve com Tarso Genro em Portugal e Portugal, onde foi recebido “como chefe de estado”.

Mas chefe de estado para quem? Haddad não só perdeu as eleições, como nunca teve a mínima chance, sujeito a atuar como o poste de um criminoso condenado. Mas assim age o PT, desconsiderando a democracia, boicotando a posse de Bolsonaro, mas exaltando as ditaduras comunistas ao prestigiar a ‘posse de Maduro’.

A tal ideia de que Haddad é um ‘chefe de estado’ é tão ridícula que ele sequer passa perto de ser a cabeça do próprio partido, sendo mais um petista de segunda ou terceira ordem.

Via: republicadecuritiba.net

  • 3.6K
    Shares