Escândalo: Instituto de Gilmar Mendes recebeu R$ 12 milhões em dinheiro público

O IDP, de Gilmar Mendes, não enriqueceu apenas com o patrocínio de empresas enroladas no STF.

A Crusoé revela que, desde 2014, o IDP recebeu também quase 12 milhões de reais em dinheiro público.
Em particular, dos governos de Goiás, Maranhão e Alagoas, em troca de cursos para servidores.

A Crusoé revela ainda que os governadores Marconi Perillo e Flávio Dino foram os que mais repassaram dinheiro público ao IDP, de Gilmar Mendes.

Marconi Perillo, do PSDB, é coordenador da campanha de Geraldo Alckmin.
Quanto a Flávio Dino, do PCdoB, a reportagem conta que, antes de ser eleito no Maranhão, com o apoio de Lula e Dilma Rousseff, ele foi funcionário do IDP de Gilmar Mendes.

Fonte: O Antagonista

   

Gostou? Compartilhe!