Este homem,desembargador federal Hilton Queiroz, suspende liminar e aumento do combustível vai voltar


Na terça-feira (25), o juiz substituto Renato Borelli, da 20ª Vara Federal do Distrito Federal, havia suspendido o reajuste do combustível em todo o Brasil atendendo a uma ação popular.

 

A Advocacia-Geral da União (AGU) informa que o pedido de suspensão de liminar formulado contra a decisão da Justiça Federal do Distrito Federal que havia anulado os efeitos do decreto de aumento da alíquota do PIS e da Cofins que incide sobre a venda de combustíveis foi acolhido pelo presidente do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), desembargador federal Hilton Queiroz.