Ex-presidente da OAS reafirma que reforma do sítio de Atibaia foi paga com propina