Fachin rejeita pedido de Lula para suspender ação sobre propina da Odebrecht

O pedido da defesa de Lula para suspender a ação penal que apura se o petista recebeu propina da Odebrecht. A tramitação ocorre na Justiça Federal do Paraná.

A defesa argumentou que a ação deveria ficar paralisada até a decisão do Comitê de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas decidir se houve conduta irregular por parte do Juiz Sergio Moro.

Fachin alegou que não verificou “ilegalidade evidente, sem prejuízo de ulterior reapreciação da matéria no julgamento final do presente Habeas Corpus”.

Além do mais, o caso está quase finalizado para receber a sentença de Sergio Moro.

Informação dO Antagonista.

Compartilhe em Suas Redes Sociais