Família e amigos cobram investigação da morte do livreiro eleitor de Bolsonaro, espancado por petistas