Flávio Bolsonaro usa as redes sociais para comemorar estado de saúde do pai

Carlos, Eduardo e Flávio usaram suas respectivas contas do Twitter para visar que Jair Bolsonaro estava bem.

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL-RJ), precisou passar por uma cirurgia na manhã do último domingo (8). Na ocasião, Carlos, Eduardo e Flávio Bolsonaro, os filhos do presidente, estiveram presentes no hospital acompanhando tudo o que acontecia com o pai.

Logo após o fim da cirurgia, Flávio – que atua como senador pelo estado do Rio de Janeiro -, usou a sua conta do Twitter para falar a respeito do estado de Saúde do pai.

O filho do presidente destacou que Jair Bolsonaro já estava no quarto. Além disso, Flávio também apontou que Bolsonaro estava bem humorado e bem disposto.

Durante a postagem, o senador aproveitou para agradecer à equipe do hospital e às pessoas que torceram para que tudo desse certo com o seu pai.

Eduardo Bolsonaro também se manifestou em suas redes sociais. O deputado federal, que recentemente foi indicado pelo presidente para assumir a embaixada do Brasil nos Estados Unidos, destacou que o pai havia saído da cirurgia, e que tudo indicava que ele estava bem.

Na ocasião, Eduardo agradeceu a Deus e a equipe médica pela condição de saúde de Jair Bolsonaro, bem como agradeceu às orações feitas por todas as pessoas que torciam pelo presidente da República.

Sendo mais sucinto que os irmãos, o vereador Carlos Bolsonaro também usou a sua conta do Twitter para informar a respeito do estado de saúde de seu pai. Em um tom mais reservado do que os irmãos, Carlos compartilhou apenas um emoji fazendo sinal de positivo, acompanhado da bandeira do Brasil.

Procedimento de sucesso
Antes mesmo que os herdeiros do presidente da República avisassem no Twitter que a cirurgia havia dado certo, a equipe médica do Hospital Vila Nova Star, que fica na cidade de São Paulo, já havia veiculados as informações.

Na manhã do último domingo, Jair Bolsonaro precisou passar por um procedimento cirúrgico. Ao todo, estima-se que o procedimento tenha durado cerca de cinco horas.

Entretanto, antes que o presidente estivesse na sala de cirurgia, estimava-se que o tempo total do procedimento fosse de no máximo três horas de duração.

Essa é a quarta cirurgia pela qual o presidente da República precisa passar do ano passado para cá. O motivo para que tais procedimentos se façam necessários ainda está ligado à facada que Jair Bolsonaro recebeu durante o período de campanha eleitoral, na cidade de Juiz de Fora, Minas Gerais.

A cirurgia realizada no domingo tinha como objetivo a correção de uma hérnia que surgiu no local em que os procedimentos cirúrgicos anteriores foram realizados. Até o presente momento, não se tem informações sobre quando presidente deixará o hospital.

Info: Blastingnews