Folha, sempre na contramão, ataca homenagem à mãe PM que matou criminoso

O jornal Folha de S.Paulo encontrou uma maneira de atacar e desmerecer a ação heroica da policial militar Kátia da Silva Sastre, que no sábado (12) em frente a uma escola em Suzano, na grande São Paulo, numa ação elogiável, utilizou dos meios necessários e que estavam a seu alcance, para repelir a ação de um bandido, que colocava em risco a vida de inúmeras crianças e outras pessoas que estavam no local.

Para o decadente jornal, uma merecida homenagem prestada a policial pelo governador de São Paulo, Márcio França (PSB), contraria a estratégia definida pela cúpula da própria polícia para reduzir os índices de letalidade da corporação.


Segundo a Folha, “o ato do governador foi criticado por especialistas em segurança pública pelo temor de que a homenagem possa passar mensagens equivocadas à tropa e à população – mesmo que a atitude da cabo tenha sido correta diante do risco no caso específico”.
Ainda segundo o jornal, “uma preocupação é que seja um incentivo às pessoas reagirem a assaltos – na contramão da orientação da polícia.”
“Outra é que a morte de ladrões seja vista pela corporação como algo incentivado pelo governo, após a escalada nos últimos anos do número de mortos pela polícia – alta de 10% em 2017, com 943 casos, recorde desde 2001.”
Ora, o Comandante da Polícia Militar participou da homenagem.
Totalmente sem sentido a intervenção do jornal.

Fonte: jornal da cidade online

   

Gostou? Compartilhe!

  • 5.3K
    Shares