Connect with us

Hi, what are you looking for?

Política

Forças armadas cogitam realização de contagem paralela durante a eleição

Gostou? Compartilhe!

Forças Armadas: Com as eleições cada vez mais próximas é comum que as preocupações apareçam tanto nos eleitores quanto nos organismos de diversas esferas de poder. Portanto, uma das principais preocupações entre o eleitorado é que a contagem realizada pelo Tribunal Superior Eleitoral seja feita adequadamente e conforme a votação. Desta forma, pode ser que este ano as coisas fiquem mais tranquilas, pois as forças armadas cogitam uma contagem paralela. 

Segundo informações do jornal Estado de São Paulo alguns membros das Forças Armadas estão planejando realizar uma contagem paralela da votação enquanto é feito o processo eleitoral de forma adequada. Desta forma, serviria como uma comprovação eficiente que os resultados apresentados pelo Tribunal Superior Eleitoral estão conformes. 

Você pode gostar: Mais um absurdo! Edson Fachin proíbe ministro da Saúde de fazer pronunciamento

Defesa admite estratégia das Forças Armadas é possível

Embora a medida já tenha sido estipulada pelo Presidente Jair Bolsonaro (PL) que estabeleceu a ideia de uma contagem paralela, é importante ressaltar que até o momento ainda não houve nenhuma comprovação de fraude na contagem do TSE. Portanto, pode ser que a aprovação desta medida entre outros órgãos e entidades da esfera de poder seja complicada. 

Além disso, o Estadão afirma que diversos integrantes do Ministério da Defesa já admitiram que essa estratégia das Forças Armadas é uma possibilidade. A estratégia utilizada também terá o envolvimento dos boletins militares após a contagem no encerramento de cada votação para que consiga comprovar a decisão do povo. 

Confira: Sem medo de ser preso! Constantino dispara: “Barroso é um oportunista hipócrita”

Após a impressão dos boletins das urnas eletrônicas a contagem dos votos entre o sistema tradicional e aqueles computados pelas forças armadas deverá ser igual. Por outro lado, também existe a possibilidade de militares conseguirem acesso aos dados que são repassados pelo TSE enquanto são fechados pelas urnas. Então, resta aguardar se esta ideia será oficializada e caso seja, qual será o método escolhido para a realização.

Leia também: Jr Guzzo fala verdades sem medo: “Lula não mexe com banqueiro nem com revólver na testa”

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.