General Mourão impressiona empresários ao expor papel do Brasil na guerra comercial e tecnológica EUA-China; Amazônia

Ao responder a questionamentos de empresários após proferir uma palestra, o vice-presidente da República, General Mourão, expôs como o Brasil pode atuar como elemento atenuador na “guerra comercial e tecnológica” entre Estados Unidos e China.

“Os Estados Unidos sempre representaram um farol para as nações. A liberdade econômica, a liberdade de expressão, a liberdade de empreender estão muito bem colocadas naquilo que é a pequena Constituição que eles têm. Sempre serviram de baliza para nós. Nosso governo não tem vergonha de dizer que comunga desses valores”, salientou.

“Hoje, sabemos que a China é nosso principal parceiro comercial. É o que dá retorno em termos de comércio, uma relação comercial forte. O Brasil hoje, inclusive, pode servir até como atenuador para essas tensões. Procurando, no relacionamento com ambos os países, facilitar uma aproximação, uma possível solução dessa guerra comercial e tecnológica que não serve para o mundo como um todo. Pelo contrário, está criando problemas para todos”, esclareceu o oficial.

Ele respondeu, ainda, sobre tensões do Brasil com países europeus no que toca à Amazônia.

Veja o Vídeo.

Leia Mais

APÓS CHAMAR PRESIDENTE DE “BOZONARO”, JORNALISTA DA GLOBO SE PRONUNCIA SOBRE O OCORRIDO

Jornalista da Globo questiona sobre Bolsonaro vetado na ONU e é rebatida pelo porta-voz, General Rêgo Barros