General se revolta com comentários agressivos de intervencionistas

Um dos generais mais ativos nas redes sociais, Paulo Chagas, postou uma mensagem nesta quinta-feira (31) em tom conciliatório, pedindo a manutenção do discurso de repúdio, mas que fosse aguardada a conclusão desta legislatura, ‘na esperança de que o bom senso nacional prevaleça e promova, nas próximas eleições, a mudança que servirá de base para um novo futuro’.

Veja o inteiro teor da postagem:

Caros amigos
A melhor atitude a ser tomada pelo povo brasileiro, neste momento, é a manutenção do discurso de repúdio ao status quo da política e da gestão pública; a fiscalização serrada das medidas adotadas pelo governo, pelos legisladores e pela justiça superior; o continuado apoio e o estímulo às ações de combate à corrupção; e a preservação da estabilidade interna até a conclusão desta legislatura, na esperança de que o bom senso nacional prevaleça e promova, nas próximas eleições, a mudança que servirá de base para um novo futuro.
Gen Bda Paulo Chagas
Em resposta, inúmeros comentários agressivos foram postados, alguns criticando a ‘mansidão’ dos militares, outros colocando em dúvida as tais ‘urnas eletrônicas’ e outros ofendendo o general.
Não demorou para que Paulo Chagas fizesse uma nova postagem, onde esclareceu exatamente o que pensa, taxando os ‘inimigos’ como ‘esquerda burra e desonesta’ e os intervencionistas radicais como ‘direita burra’.

Veja abaixo:

ESCLARECIMENTO AOS QUE NÃO ME CONHECEM!!!!
Caros senhores e senhoras
Lí alguns comentários sobre o que eu SEMPRE pensei, falei e escrevi a respeito de intervenção militar na política.
Há pessoas que nunca leram nada do que eu tenho exposto a esse respeito, há muito anos, e dizem como bons oportunista e maus leitores (ou não leitores) que eu mudei de opinião.
Não mudei uma vírgula sequer das minhas posições!
Não temo a opinião ou a oposição de quem quer que seja.
Não estou atrás da aprovação da esquerda burra e desonesta nem tampouco da parcela da direita que, por enquanto, qualifico como sendo, apenas, burra…
Essa gente não encontrará nada do seu interesse nesta página, é perda de tempo. Recomendo pesquisar em outras de mais fácil compreensão e menos comprometimento.
Alerto também que não sou caçador de adeptos, nem pregador de ilusões, sou o que sou e o que penso. Sou uma opção não uma campanha de auto promoção. Não sou demagogo ou uma metamorfose ambulante. Só me manifesto sobre o que tenho convicção. Não bajulo ninguém, nem aprecio a bajulação. Tenho muita coragem para ser eu mesmo o tempo todo, tenho muito orgulho disso e não me dobro às circunstâncias por interesses que considero desastrosos para o país pelo qual jurei dedicar a minha vida, toda a minha vida!
Boa leitura a todos! Desejo que lhes faça bem ao bom senso o passeio por esta página. Caso não lhes faça, não percam tempo deixando comentários ofensivos porque decidi ignorá-los e dedicar meu tempo ao que julgo ser a minha obrigação patriótica.
Respeitosamente.
Gen Bda Paulo Chagas

Via: jornal da cidade online

     

Gostou? Compartilhe!

  • 4K
    Shares