Gleisi compara Lula a traficante Marcinho VP e cobra que ele possa também dar entrevistas na cadeia

A presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, criticou nesta quarta-feira, 11, na sede do partido em Pernambuco, a juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba, que proibiu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso pela Operação Lava Jato, de participar de entrevistas e da convenção do partido. A senadora disse que lamentava a decisão porque “Marcinho VP, traficante, deu entrevistas” e acusou o judiciário de transformar o Brasil em uma “republiqueta de bananas”.

Gleisi quer de todas as formas que um criminoso condenado possa ser entrevistado dentro da cadeia. Se um traficante um dia deu, um corrupto também deve poder.

“Um criminoso deu entrevistas, o presidente Lula que é a maior liderança popular desse país e está com seus direitos políticos preservados não pode dar entrevistas? O que se faz com Lula é uma injustiça atrás da outra, mas o povo não vai abandonar ele. Essa perseguição política está ficando feio para o Brasil no mundo. As pessoas olham e dizem: republiqueta de bananas que não tem uma democracia forte, que não respeita suas instituições”, disse Gleisi.

Via: republicadecuritiba.net

   

Gostou? Compartilhe!

  • 1.5K
    Shares