Gleisi Hoffman recebe má notícia na véspera de seu julgamento no STF

A senadora Gleisi Hoffmann, presidente do PT, será julgada amanhã, pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal.

Ela e seu marido, Paulo Bernardo, foram denunciados por corrupção ativa e lavagem de dinheiro, no recebimento de R$ 1 milhão em propina proveniente de contrato com a Petrobras. O dinheiro, segundo a denúncia, foi usado na campanha da petista para o Senado em 2010. Responde também na ação o empresário Ernesto Kugler.

A má notícia que Gleisi recebeu hoje é que, de acordo com O Antagonista, a Procuradoria-Geral da República enviou um memorial para o Supremo pedindo a condenação da petista.

“A senadora, expoente de seu partido político, locupletou-se dolosamente de todo um esquema de ilegalidades praticados na Petrobras e, também por isso, deixou de cumprir com seu dever de fiscalização”, afirma a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, no memorial.

Via: PAPOTV