Gleisi quer ‘representar o Brasil’ na posse de Maduro

De malas prontas, a petista Gleisi Hoffmann estará neste dia 10 em Caracas para a cerimônia de posse do ditador Nicolás Maduro.

Em nota, a presidente do PT disse que irá para a Venezuela “para mostrar que a posição agressiva do governo Bolsonaro contra a Venezuela tem forte oposição no Brasil e contraria nossa tradição diplomática”.

A petista ainda afirmou que reconhece “o voto popular pelo qual Nicolás Maduro foi eleito, conforme regras constitucionais vigentes, enfrentando candidaturas legítimas da oposição democrática”.

Assim age o PT, boicota a cerimônia presidencial em seu próprio país, mas não abre mão de ‘prestigiar’ a tomada de poder por parte de um ditador comunista.

Informação dO Antagonista.

Gostou? Compartilhe Com seus Amigos!