Grávida é assediada em bar, reage com tapa e acaba assassinada a tiros; Vejam

Gostou? Compartilhe!

Uma mulher acabou sendo assassinada na última sexta-feira 18/08, após reagir a um assédio em um bar, situado na rua Francisco Aires de Lima, distrito de Prudêncio Thomaz, Rio Brilhante, cidade que fica a 163 km da capital Campo Grande, MS.

Tatiane Dias da Silva, que tinha 19 anos de idade e estava grávida de um mês, foi assassinada com cinco disparos de arma de fogo nas costas, na varanda da casa onde residia.

Segundo informações do site ‘Rio Brilhante em Tempo Real’, o namorado da vítima relatou que tudo aconteceu depois da mulher ter reagido a um assédio em uma bar que fica de frente com a casa dela, onde os dois teriam ido comprar bebidas alcoólicas.

Ele disse que enquanto estava no balcão fazendo o pedido, o principal suspeito do crime, Elias Lazaro Cavalheiros, 42 anos, vulgo “Neguinho Marcolino”, teria assediado a moça.

Ao ver a cena, o namorado defendeu Tatiane, pedindo que Elias parasse. Mas, Elias não parou, e ainda teria insistindo no assédio, foi nesse momento que Tatiane desferiu um tapa na cara do suspeito. Elias, deixou o bar, mas avisou que voltaria.


Ainda segundo o site, Tatiane e o namorado, foram para casa, em frente ao bar, quando o suspeito teria retornado já de posse da arma de fogo e acabou surpreendendo a mulher na varanda da casa.

Testemunhas que estavam no local, disseram que o homem chegou, efetuou os disparos e saiu tranquilamente, guardando a arma na cintura.

A polícia suspeita que uma segunda pessoa acabou concedendo fuga ao assassino em um carro. Os polícias fizeram buscar nas proximidades, mas o suspeito não foi localizado. A mulher deixa 2 filhos, um de ano e meio e outro de quatro anos.

 

Via zipnoticias.com


Gostou? Compartilhe!