Haddad não vai poder usar dinheiro arrecado por Lula

Caso seja alçado a candidato do PT à Presidência, o ex-prefeito Fernando Haddad não poderá utilizar os mais de R$ 533 mil arrecadados pela vaquinha virtual criada para receber doações para a campanha do ex-presidente Lula, atualmente preso em Curitiba.

Segundo apurou O site GLOBO, isso ocorre porque, diferente das doações feitas aos partidos, as vaquinhas virtuais são destinadas exclusivamente para a campanha do candidato.