Haddad tenta censurar o Whatsapp, mas TSE nega

COMPARTILHARAM ISSO
  • 12.4K
    Shares

O petista Fernando Haddad mais uma vez escancara o perfil ditador e autoritário que o PT tem como projeto para o Brasil. 

O candidato entrou com pedido no TSE para censurar o Whatsapp. Ele queria a retirada de conteúdos compartilhados em grupo privado.

A Corte eleitoral, no entanto, negou o pedido. Para o ministro Luis Felipe Salomão “a comunicação é de natureza privada e fica restrita aos interlocutores ou a um grupo limitado de pessoas”.

As mensagens alvo da representação dizem, por exemplo, que o PT teria “financiado performances com pessoas nuas” e que um eventual governo Haddad contaria com um “sistema educacional” que incentivaria a “hipersexualização de crianças”. 

 

Fonte: PAPOTV

 

  • 12.4K
    Shares