Haddad teve que ouvir: “É Bolsonaro, meu candidato não tá preso”

Durante um ato de campanha, o candidato petista que substitui Lula, Fernando Haddad, levou uma “facada” do público. 

Mas não foi aquele tipo de facada que Bolsonaro recebeu de um militante petista e precisou passar por duas cirurgias. 

Foi uma “facada” que atingiu a alma e acabou com a moral do candidato do PT. 

No vídeo, o candidato que esperava fazer campanha, acabou ouvindo os gritos “é Bolsonaro”, “fora PT”, “meu candidato não está preso”. 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Este tipo de “facada”, normalmente demora muito mais para cicatrizar. 

Confira o vídeo:

Compartilhe em Suas Redes Sociais