Histórico! Bonner lê mensagem de General contra Lula: ‘Exército preparado’

‘Jornal Nacional’ terminou com mensagem do General Villas Boas sobre julgamento de Lula.

Nesta terça-feira (3), aconteceu um momento histórico no ‘Jornal Nacional’.  O apresentador William Bonner leu uma mensagem do General Eduardo Villas Boas, que se dirigia contra o ex-presidente Luiz Inácio #Lula da Silva. Mesmo sem citar o petista, ele pediu o fim da impunidade no Brasil. A mensagem foi repercutida um dia antes do julgamento de Lula.

“Asseguro à Nação que o Exército Brasileiro julga compartilhar o anseio de todos os cidadãos de bem de repúdio à impunidade e de respeito à Constituição, à paz social e à Democracia, bem como se mantém atento às suas missões institucionais”, diz parte do comunicado divulgado no Twittter pelo General, que é da reserva e já protagonizou algumas polêmicas nos últimos tempos.

Protestos pedem prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva
Os comentários de Villas Bôas pedindo o fim da impunidade no país tiveram milhares de comentários nas redes sociais. Alguns frisaram o fato da mensagem ser lida por William Bonner no principal jornal televisivo do país. O ‘Jornal Nacional’ ainda mostrou os protestos pedindo a prisão do ex-presidente. Em 23 cidades e no Distrito Federal, brasileiros foram às ruas se manifestando pela situação de Lula.

A repercussão da mensagem de Villas Boas contra Lula
No site da ‘Folha de São Paulo’,  que repercutiu a informação, muita gente falou sobre o tema. O internauta Rafael Seydel tentou decifrar a mensagem de Villas Boas. “A mensagem tem um significado simples: parem de manipular o Estado brasileiro. A falta de decência chegou a tal ponto que as FFAA, nosso último refúgio de brasilidade, estão preocupadas e não permitirão que o caos político e social se instale”, escreve ele.

Neli Faria também comentou a mensagem que ganhou destaque até mesmo no ‘Jornal Nacional’. “Gosto desse general e que Deus lhe dê muita saúde. Endosso. O Brasil é o único país do Mundo onde em sua Constituição diz, implicitamente, que o cr*ime compensa. A única Constituição da Terra que deu cidadania para band*idos comuns e é o único país onde ainda se discute prisão em segunda instância. Então, há uma impunidade gritante,e condenados andam assoviando por aí uma marcha de John Souza… Saúde General, Deus lhe abençoe”, escreveu ela.

Dimas Floriani também deixou seu comentário no site da ‘Folha’. “O comandante das forças armadas é o presidente da república. Se fosse homem digno de cumprir a constituição já deveria ter prendido este general golpista. Mais grave ainda foi a Globo fechar o jornal nacional com a leitura deste twitter em forma de comunicado ameaçador às instituições públicas, como o STF, que embora polêmico não deve nenhum tipo de subserviência à caserna. Ação orquestrada, como sói acontecer no DNA da Globo que prima pelo zelo do estado de exceção”, escreveu ele. 

Via: blastingnews

     

Gostou? Compartilhe!

  • 9.5K
    Shares